EuroTopTen Portugal

            
 

Critérios de selecção - Aparelhos de ar condicionado

Regressar a: > 50 m2    » Conselhos - Aparelhos de ar condicionado        Imprimir

Metodologia

Na lista apresentada são enumerados os modelos de aparelhos de ar condicionado, energeticamente mais eficientes, disponíveis no mercado português. Os dez melhores equipamentos encontram-se divididos em subcategorias, em função da área que se pretende climatizar e cumprem os critérios de selecção indicados na tabela seguinte.

Área

Potência de arrefecimento

Classe de eficiência energética (arrefecimento/aquecimento[1])

20 m2

2,5 kW

A+++/A+++

20 - 30 m2

2,6-3,5 kW

A+++/A+++

30 - 40 m2

3,6-4,5 kW

A++/A+ (mínimo)

40 - 50 m2

4,6-5,5 kW

A++/A+ (mínimo)

> 50 m2

> 5,5 kW

A++/A+ (mínimo)

 

Desde 1 de Janeiro de 2013 os modelos de aparelhos de ar condicionado colocados no mercado são obrigados a apresentarem a nova etiqueta energética, como aplicação do Regulamento Delegado (UE) nº 626/2011. No entanto os modelos anteriormente colocados no mercado, e que portanto apresentam ainda a antiga etiqueta energética, podem ser vendidos sem data limite.

Fontes de informação

Os dados técnicos dos electrodomésticos presentes nas categorias foram cedidos pelas marcas e recolhidos nos seus sites (informação em concordância com o sistema europeu de rotulagem energética).

Ordem de apresentação

Os modelos são apresentados segundo uma ordem crescente de custo anual de energia eléctrica para o aquecimento e arrefecimento. Esta ordem pode ser no entanto alterada para privilegiar outro parâmetro, bastando para isso utilizar as setas posicionadas antes de cada parâmetro.

 

Marca e Modelo

As marcas e os modelos são ordenados hierarquicamente na tabela. Pode acontecer que dois ou mais modelos diferentes obtenham classificação igual, devido às características técnicas semelhantes que apresentam, ocupando por isso a mesma posição na tabela.

Sempre um aparelho de ar condicionado, de uma determinada marca, tenha mais do que um modelo com os mesmos dados técnicos, mas de cor exterior diferentes, estes são apresentados em conjunto na mesma posição hierárquica, mas separados por “|”.

Os produtores ou representantes das marcas são contactados para fornecerem e verificarem os dados antes de estes serem actualizados online. Caso não tenha sido recebida resposta, por parte deles, é colocado um asterisco (*) a seguir à marca.

Tipo

Neste parâmetro é indicado o local de colocação do aparelho: chão ou mural (parede).

Carga de projecto para arrefecimento e para aquecimento

Potência máxima de arrefecimento e de aquecimento, em kW.

SEER

Indica a eficiência energética do sistema de arrefecimento.

SCOP

Indica a eficiência energética do sistema de aquecimento. Para o mesmo aparelho podem existir três valores diferentes consoante a estação de aquecimento considerada (média, mais fria e mais quente), definidas em função das temperaturas sentidas e duração das mesmas, nas várias zonas da Europa.

Classe de eficiência energética

A etiqueta energética foi desenvolvida pela União Europeia e define actualmente, para os aparelhos de ar condicionado (excepto os de conduta simples ou dupla), as classes energéticas desde A (muito eficiente) até G (muito ineficiente). No entanto, caso a eficiência do aparelho seja superior a A, o fabricante pode utilizar as etiquetas que vão de A+ a F, A++ a E ou A+++ a D, que deverão ser introduzidas gradualmente no tempo, a 1 de Janeiro de 2015, 1 de Janeiro 2017 e 1 de Janeiro de 2019, respectivamente.

Os aparelhos de ar condicionado de conduta simples e de conduta dupla têm já a etiqueta de A+++ a D.

Consumo anual de energia eléctrica arrefecimento/aquecimento

Energia consumida, em kWh por ano, para o modo de arrefecimento e de aquecimento.

Custo de energia eléctrica arrefecimento/aquecimento (euros em 10 anos)

Custo de electricidade considerando os consumos do parâmetro anterior, para o modo de arrefecimento e de aquecimento, e um tempo média de vida útil do aparelho de 10 anos. Para o cálculo foi estimada a evolução da tarifa eléctrica nos próximos 10 anos, tendo como base o seu comportamento nos últimos 16 anos. Este parâmetro não é verificado pelas marcas.

Refrigerante/PAG

Nome do refrigerante usado no modelo.

Nível de potência sonora da unidade interior e exterior

Nível de ruído, em decibéis, da unidade interior e exterior.

Dimensões da unidade interior e exterior

Dimensões das unidades interior e exterior do aparelho em milímetros de altura (A), largura (L) e profundidade (P).

 

Informação adicional

Comissão Europeia: Regulamento Delegado (UE) nº 626/2011 de 4 de Maio de 2011, que complementa a Directiva 2010/30/UE do Parlamento Europeu e do Conselho no que diz respeito à rotulagem energética dos aparelhos de ar condicionado.

Comissão Europeia: Regulamento (UE) nº 206/2012 de 6 de Março de 2012, que dá execução à Directiva 2009/125/CE do Parlamento Europeu e do Conselho no que respeita aos requisitos de concepção ecológica para aparelhos de ar condicionado e ventiladores.

Comissão Europeia: Directiva 2010/30/EU de 19 de Maio de 2010 relativa à indicação do consumo de energia e de outros recursos por parte dos produtos relacionados com a energia, por meio de rotulagem e outras indicações uniformes relativas aos produtos.

O Topten.pt convida os produtores e retalhistas a divulgar novos produtos que possam estar de acordo com os critérios de selecção Topten, ou a fazer alguma sugestão através do e-mail topten@quercus.pt.



[1] Existem três estações de aquecimento e a que corresponde a Portugal é a estação “mais quente”. No entanto os fabricantes são apenas obrigados a declarar, na ficha de produto, a classe de eficiência energética, a carga de projecto, o coeficiente de desempenho sazonal e o consumo energético para a estação média.

 

06/2017 Quercus